O que é Aprendizagem de Ontologias?

No artigo, Introdução à Ontologias, descrevemos os conceitos básicos para o entendimento do tema Ontologias.

Neste artigo, trataremos da aprendizagem de ontologias (ontology learning) que foi introduzido originalmente
por Alexander Madche e Steffen Staab (MADCHE; STAAB, 2001), e pode ser descrito como processo de aquisição de um modelo de domínio a partir de dados. Podemos encontrar derivações do termo aprendizagem de ontologias, dentre elas estão a geração de ontologias (ontology generation) e extração de ontologias (ontology extraction).

Com o passar do tempo foram surgindo diversas classificações para aplicação da aprendizagem de ontologias. De acordo, (Gómez-Pérez; Manzano-Macho, 2004 apud GUIMARAES, 2015), podemos organizar a aprendizagem de ontologias, a partir de:

  • textos: combina métodos linguísticos, estatísticos, baseados em padrões e de aprendizagem de máquina para extrair o modelo do domínio a partir de textos não estruturados. Segundo Cimiano (CIMIANO, 2006), o processo de aprendizagem de ontologia a partir de textos é composto de 8 etapas, na Figura 01, podemos visualizar as etapas.
  • dicionários: faz uso de métodos linguísticos, baseados em padrões e estatísticos, para definir o modelo a partir de dicionários interpretáveis por máquina;
  • bases de conhecimento: aplica métodos indutivos e estatísticos em bases de conhecimento, obtendo o modelo a partir das relações existentes entre os elementos descritos nessas bases;
  • esquemas semi-estruturados: usa métodos de aprendizagem de máquina para definir ontologias a partir de recursos que possuem uma estrutura definida, como Extensible Markup Language (XML) ou Document Type Definition (DTD);
  • esquemas relacionais: explora a correlação dos dados usando técnicas de engenharia reversa para extrair ontologias de bancos de dados relacionais.

 

Etapas propostas por Cimiano para aprendizagem de ontologias

Figura 01 – Etapas da aprendizagem de ontologias adaptado de (CIMIANO, 2006)

Referências

CIMIANO, P. Ontology Learning and Population from Text: Algorithms, Evaluation and Applications. Springer-Verlag New York, Inc., Secaucus, NJ, USA, 2006.

GUIMARÃES, N. C. SABENÇA – um arcabouço computacional baseado na aprendizagem de ontologias a partir de textos, 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência da Computação) – Instituto de Informática, Universidade Federal do Goiás, Goiânia. Disponível em: <http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4712>. Acesso em: 20 mai. 2016.

GÓMEZ-PÉREZ, A.; MANZANO-MACHO, D. An overview of methods and tools for ontology learning from texts. Knowl. Eng. Rev., 19(3):187–212, Sept. 2004.

MAEDCHE, A.; STAAB, S. Ontology Learning for the SemanticWeb. IEEE Intelligent Systems, 16(2):72–79, Mar. 2001.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *